Fernando Carpaneda


Go to content

O Anjo de Butes: Uma vida de tintas, sexo e rock'n'roll"


O Anjo de Butes: Uma vida de tintas, sexo e rock'n'roll


"O Anjo de Butes: Uma vida de tintas, sexo e rock'n'roll" é a autobiografia de Fernando Carpaneda, artista plástico brasileiro radicado em Nova Iorque, lançada recentemente nos Estados Unidos e que cai como uma bomba no meio artístico mais conservador do Brasil e exterior. O livro conta a trajetória de um artista punk, saído de Taguatinga, cidade-satélite de Brasília, e que encontra fama e reconhecimento mundial após expor na Galeria do CBGB. Fernando descreve em detalhes sua vida no submundo das grandes metrópoles (Brasília, São Paulo, Londres e Nova Iorque), seu relacionamento com as drogas e suas experiências amorosas e sexuais. Tudo regido por uma trilha sonora que vai de Ramones a Boy George. André Pomba, DJ e editor de conhecidas revistas de rock, afirma no texto de apresentação que é "ótimo saber de como os habitantes noturnos de São Paulo (a verdadeira paulicéia desvairada vive à noite) o adotaram. Como, por exemplo, a travesti Geórgia, que ele conheceu e conviveu ainda quando era o garoto Henrique, habituè da cena clubber paulistana dos anos 90; bem como os lugares que eles frequentavam: Retrô, Madame Satã, Treibhaus e Massivo; e também a relação de amor e ódio que ele sente por Brasília e vice-versa. Algo que lembra a um road movie, a um Sid e Nancy tupiniquim sem um trágico final, apesar de por vezes ter chegado perto disso. Tudo é escrito de uma forma a achar que um dia será chegada a hora do juízo final deste reencontro e que muitos capítulos ainda serão escritos." Sem sombras de dúvidas, "O Anjo de Butes" incomodorá muita gente ligada a cultura na capital do país e a principalmente aos leitores mais moralistas e preconceituosos. O livro de 240 páginas e ilustrado com 48 obras do artista.

O Anjo de Butes: Uma vida de tintas, sexo e rock'n'roll

Publish Date January 10, 2009
Black and White printing (on cream uncoated paper)

240 pgs, 34 pictures.

Veja a opinião de leitores do livro O Anjo de Butes: Uma vida de tintas, sexo e rock'n'roll

Ricardo Rocha Aguieirasa - April 25 at 09:00am - Like-Unlike · Comment · View Feedback (5)Hide Feedback (2) · See Friendship.
Artista grandioso e questionador, o último dos transgressores. A Fernando Carpaneda toda a minha reverência!

Paulo Kauim-December 19 at 10:03pm - Like-Unlike · Comment · View Feedback (1)Hide Feedback (1) · See Friendship
oi fernando, tudo bacana? fui devorado pelo anjo de butes ( sua obra-bomba é sublime )...bota o caio fernando abreu e o roberto piva no jardim III ( amo o caio fernando e o piva ) mas a sua obra tá fuderosa! o wagner adorou também.
um abraço da q.n.a 25
aquele axé
kauim
ps. esprestei o meu pro jailton

Andre Fischer - MIXBRASIL- Leituras de verão - 14/01/2011 - 13:37:58 - Escrito por Andre Fischer às 13:37:58
http://mixbrasil.uol.com.br/blogs/andre-fischer/2011/01/14/leituras-de-verao.html
Nesses dias de chuva aproveitei para colocar leitura em dia. Foram quatro livros de amigos e conhecidos que estava devendo. Como prefiro não falar do que falar mal (o que não é a melhor coisa para um jornalista, mas é um princípio de vida), escolho – e recomendo – dois deles.

O primeiro é A Dominatrix Gorda, do João Ximenes Braga, uma seleção de crônicas publicadas n´O Globo, basicamente sobre a vida carioca sob a ótica ácida do autor. João tem uma peculiar relação de amor e ódio com o Rio. Ao mesmo tempo que esculacha seus habitantes e detona a pobreza cultural local é um adicto dos prazeres visuais e sensoriais que só a cidade maravilhosa oferece. São pequenos textos divertidos onde imperam o bom humor, mau humor e humor negro e que ao final dão uma vontade imensa de ir para o Rio.

O outro é O Anjo de Butes, do Fernando Carpaneda, uma autobiografia visceral do artista plástico brasiliense radicado em Nova York. Quem conhece seu trabalho de fortes cores homoeróticas e estética trash passa a entender de onde vem a visceralidade de sua obra.
Fernando não é escritor e por isso o livro traz um relato cru da cena underground de Brasília e São Paulo nos anos 80 e 90 tendo como foco sua paixão pelo personagem que dá título ao livro.

Kakau Teixeira - há 12 horas · Curtir (desfazer) · Comentar · Ver amizade
Fernando, Paola me emprestou o livro. li de uma tacada só. muito bom, corajoso, ousado, sexy. atitude cabra macho pra calar a boca dessa gentinha homofóbica de Brasilia e do mundo. love, love

Assunto: Fernando Carpaneda Blog. Vagner Schmidt has sent you a link to a blog:
Ola., acabei de ler o seu livro muito legal a sua retratação dos tempos aurios de tagua./Bsb, ri bastante quando fala do dia que o francisco quiz colocar fogo no povo pois naquele dia eu estava lá com você não sei se lembra mais tudo bem um grande abraço e parabéns pelo socesso

Edson Cacimiro 18 de agosto às 19:48 Denunciar
Comecei a ler seu livro e simplesmente o "devorei" em menos de 24 hs e queria te dizer o seguinte:
Parabéns pela sua coragem, pelo seu talento e por assumir o seu estilo de vida (não falo só publicamente, mas acima de tudo assumir para você mesmo), muitas das pessoas mencionadas no livro eu não conheço e nem ouvi falar, pois morei em Brasília apenas 12 anos e não sou do tipo 'noturno',mas algumas delas eu tive o privilégio de conhece-las. Você fala de Brasília de uma forma que eu sempre pensei mas que nunca achei as palavras certas para colocar no papel. Como já te falei e não cansarei de propagar pra quem quiser ouvir, sou muito fã da sua arte e agora fiquei fã da sua pessoa. Você atraiu para si próprio a vida que sempre quis e merece ter; e claro que se continuasse morando na 'roça' onde nasceu ia se tornar um artista talentoso porém patético e preguiçoso, como muitos que por lá vivem, porque talento está no seu dna e você não teria como fugir dele mesmo. rsrs.
Sou ator, escrevo peças de teatro e tenho um blog onde relato contos eróticos ficcionais que as vezes lembra e muito com trechos do seu livro, até cito a mesma música do The Doors em um dos capítulos, quando tiver tempo, entre uma vernissage e outra, de uma olhada. E mais uma vez sempre que precisar, e eu puder ,estou aqui para qualquer coisa. Parabéns pelo livro, pelas obras e acima de tudo pelo artista que você é.
Grande abraço!


Caro Fernando,
Welcome thrrought the web!
Acabei de ter o privilegio de ler o Anjo de Butes. Gostei bastante da mistura arte, realidade urbana, dor de paixão, movimento musical. Frequentei alguns mesmos lugares que vc nos 90. Como modesto colecionador de arte me pareceu que seu trabalho retrata bem uma realidade brasileira pouco conhecida. Pena mesmo que todo este seu sucesso esta fora, o que mostra que arte urbana no Brasil ainda esta engatinhando. Parabéns pela qualidade do livro e pelos trabalhos (vi poucos, ainda por fotos). Vem sempre a SP? Gostaria de manter contato contigo. Deixo um abraço de muito sucesso!

THEWHOBENS:
putz carpa primeiramente adorei ver vc desbancando todos hehehe estou lendo agora o que saiu no correio gostei nao escondeu sua integridade pessoal seu trabalho tem uma individualidade perante sua pessoa escrevo isso as 2h da manha tomando cerva e outras coisas minha irma comentou sobre essa materia quando cheguei do trampo fernamdo putz ate me emociono em ter o prazer de comentar sobre sua vida uma belissima materia comentarios que so vc poderia dizer que saudades não da para falar de sertas coisas que brasilia fez questão de repuguinar mas entre nois sera alen de uma materia eres uma existencia que com certeza guardarei com todo amor e carinho parabéns meu eterno amigo finalmente deixarão um marginal não so relatar mais ser horiginal sem parametros burgues adoro vc carpaneda vc sempre sera o que brasilia tentou esconder kkkkkkkkk felicidades meu amigo carpa tenho tanta coisa a dizer mais parei vou pegar outra cerva e plugar um bom e velho soft cell em sua homenagen

Em 07/09/2010 10:34, Eduardo Bueno escreveu:
chegou o livro.
caaaaara, muito legal. incrível. maior coragem do veadaço...ehehe.
gostei mesmo. já li boa parte.
obrigado por ter mandado.
beijos
EB

Greg Allen - December 30, 2010 at 5:27pm
Thanx for friending Fernando ... I am always amazed and everything else, one is when looking at what you create and very much appreciate the constance with which you promote gay issue awareness ... without being prompted by the celebrity-of-the-week mentality that most dust off their soapboxes for when it's time to push that product ... thanx. I wish you and yours the very best in the year ahead. Stay well ... stay busy ... stay safe.
Sincerely ~ greg


Back to content | Back to main menu